Aprender um segundo idioma também é ser democrático!

 Em Notícias

aprender um segundo idiomaUm artigo de opinião sobre o impacto do aprendizado de idiomas escrito por Ed Cooke diz que uma segunda língua não é bom apenas para o seu cérebro, também é ótimo para a democracia . Em seu artigo são mencionados pontos importantes que a lingüística e a sociologia afirmam há várias décadas: aprender outra língua muda a maneira como você vê o mundo.

Na Wizard Maringá, nós sabemos que o aprendizado de outras línguas o torna mais consciente da diversidade do mundo. Para entender melhor o que é a questão das línguas, sua capacidade de ampliar a visão do meio ambiente e, finalmente, sua relação com o significado da democracia, explicaremos alguns pontos.

Linguagem é uma experiência

Durante o século XX, a hipótese de Sapir-Whorf surgiu no campo da lingüística. Essa ideia criada por dois linguistas, Edwar Sapir e Benjamin Lee Whorf, em essência, postula que a maneira como uma pessoa entende seu ambiente está relacionada à linguagem, sua estrutura, seus usos e significados. Em outras palavras, a linguagem codifica maneiras de entender o mundo ao nosso redor. O que sabemos é o que podemos colocar em palavras, simples assim.

Empatia

Estudos com crianças que falam várias línguas descobriram que dominar várias línguas as torna mais empáticas e receptivas a imaginar os pontos de vista de outras pessoas. Além disso, o trabalho mental envolvido no aprendizado fortalece a capacidade cognitiva e a capacidade de aceitar e entender as perspectivas de outras pessoas.

E a democracia?

Quando pensamos nos benefícios do multilinguismo, geralmente consideramos as oportunidades de comunicação em nível profissional ou pessoal. No entanto, é incomum pensar em política. Certamente, quando nos referimos à democracia, fazemos isso na amplitude do significado que esse termo carrega: pluralismo, tolerância e aceitação do outro.

O aprendizado de idiomas é a capacidade de desenvolver empatia, aceitação dos outros com suas diferenças e compreensão, de um nível muito mais complexo, de que o mundo é o que pensamos dele. Isso nos torna mais receptivos às mudanças e necessidades do nosso ambiente. Prepara-nos para nos tornarmos pessoas mais úteis para a nossa comunidade e com o poder de fazer mudanças substanciais, através de mensagens de consciência.

Posts recentes

Deixe um comentário

Aprender inglesaprender inglês em pequenos grupos